Sunday, September 17, 2006

"Waiting for the Sun"

Esperei toda a semana pelo nascimento do novo Sol. Sinceramente, não me arrependi. Gostei do que li. Inteligente como projecto jornalístico, o novo semanário para além de ocupar um importante espaço na imprensa escrita, vem, desde logo, animar um mercado que, há quase meia década, necessitava de um abanão para sacudir o excesso de conservadorismo e absorver alguma, da tão necessitada, inovação. Com as falências d´"O Comércio o Porto" e d´"O Independente", a mudança de sexo do "Blitz" e o declínio do "Expresso", o "Sol" vem, de facto, brilhar e mostrar que a vida é possível em cenários de crise, trazendo novos públicos para a leitura dos jornais e roubando alguns, não muitos, ao "Expresso".
No corpo do semánário surpreendeu-me, logo a abrir, a "Entrevista Imprevista", de José Fialho Gouveia à socióloga Maria Filomena Mónica; o editorial de JAS sobre o encerramento das maternidades, assunto importante não só pela natureza política "contranatura" de um governo dito socialista, mas também pelas gravíssimas consequências sociais. Com a secção-mãe "Política&Sociedade" a mandar no jornal, seguem-se temáticas mais populares de crimes, alguns com outros sem castigo, em "Conversas na Prisão" e "Asfalto", entrecurtadas com reportagens de descompressão como "Jornalista aos 13 anos" ou "Mais fácil ser mãe", num regresso à terra dos zés e das marias, do Portugal profundo afastado os corredores de S. Bento.
Com tema de capa "Bebés Trocados", uma novela da vida da real, uma clara piscadela de olho ao público feminino, na "Tabus" surpreendeu-me sobretudo a veia de crítico cinematográfico de Paulo Portas. Uma delícia.
Em termos gerais gostei do projecto, espero e desejo um futuro radioso para o "Sol". Não é todos os dias que nasce um jornal num país onde ler é quase um acto de resistência cultural.

3 comments:

Isabel Mar said...

gostava de encontrar textos teus lá, um dia :) tens tanto para dar... Bodhisattva

Anastácio Neto said...

pensamento positivo e bonito, como tu...

Bandida said...

Gostei de passar por cá... Voltarei!