Thursday, June 23, 2005

Batman Begins


Como transformar um "American Psycho" em "Batman", Christopher Nolan parece ter a solução. Na realidade o miúdo fez meio mundo chorar n´"O Império do Sol", de Spielberg, está bem crescido, já tem idade e barba rija para vestir a capa do super-herói de Gotham. Christian Bale ganhou asas e conquistou público e crítica norte-americanas, que já classificou o episódio, que estreia hoje em Portugal, como o melhor de toda a série. Quem pensava que Batman estava morto, enganou-se. O londrio Nolan ("Memento" e "Insónia" ) e 130 milhões de dólares são os principais culpados, e provam que o Homem-Morcego ainda tem asas para voar e (re)conquistar a cultura pop, pelo menos no verão 2005. As críticas do alguns jornalistas referência, como Kyle Smith do New York Post, dão nota máxima a "Batman Begins". Ver para crer. Provavelmente, fico em casa com "Os Idiotas", de Trier. São óptima companhia. Tenho medo das alturas e identifico-me mais com a idiotice fingida do que com realidade dos super-heróis de capa ao vento.

1 comment:

André Carita said...

Alguns jornalistas podem de facto ter dado nota máxima a este novo Batman. Contudo não sei até que ponto este novo filme poderá ser melhor que o primeiro de 1989 realizado por Tim Burton e com brilhantes desempenhos nomeadamente de Jack Nicholson. Quanto a este "novo" joker tenho as minhas sérias dúvidas...
Eu sou daqueles que defendo que o primeiro (o original) é sempre o melhor. O resto são cópias... boas ou más!
Os meus cumprimentos!