Tuesday, November 30, 2004

The Gift: AM/FM

Uma semana volvida sobre a desilusão “How To Dismantle An Atomic Bomb”, que muito sinceramente considero um dos piores álbuns dos U2 - conservador, previsível e pouco arriscado - tive a sorte de apanhar ontem, logo no dia de lançamento, o mais recente trabalho dos The Gift. Em formato duplo, “AM/FM” não só percorre os interessantes trilhos sonoros abertos em 2001 através do projecto conceptual “Film”, sobretudo na exploração inteligente dos metais e nas orquestrações desenhadas com sentido estético coerente sobre a base electrónica, como também evita erros do passado, como a sobreposição das vocalizações de Nuno Gonçalves em borboletas que nunca deveriam ter levantado voo. O registo apresenta-se como um trabalho notável, consistente, criativo e de uma produção invulgar, resistente e coesa. Sem criar rupturas desnecessárias, expande a plasticidade orgânica e aromática da banda, conduzindo-a por caminhos ainda mais seguros da electrónica devidamente equilibrada com harpas e metais.
De AM, o primeiro CD desenhado sobre um plano ambiental mais denso, soturno, misterioso, a roçar o romântico, destaque para “Are You Near”, melodia simples, com uma textura recheada de pequenos samples que navegam sobre uma guitarra eléctrica tão serena quanto envolvente. “Wallpaper” confirma a importância das orquestrações enquanto elementos sonoros que possibilitam uma urgente ampliação da gramática atmosférica dos temas de suporte rítmico digital, não raras vezes tão limitados a meras caricaturas musicais, uma das doenças mais frequentes no deficitário e subdesenvolvido hip-hop nacional
Em FM ressurge a alegria de outras primaveras. Soltam-se os agúdos de Sónia Tavares, pintam-se quadros de uma magia e felicidade sempre possíveis. Mais dançável, lembra Vinyl (1998) mas serve-se mais quente e com uma rotação bem superior. Testados em concertos de 2003, “Driving You Slow” e “Music” são duas presenças mais do que previsíveis obrigatórias. Enquanto, o cocktail “11.33” parte do soul e r&b, num piscar de olhos ao mercado norte-americano, abrindo-se num exotismo rítmico artificial que roça uma tímida e indesejável latinidade, autodestruíndo-se em seguida, num dos piores momentos do registo, “Cube” retoma o ponto de partida mais harmónico e jazzy, lançando pistas de leitura base para um segundo disco recheado de excelentes vocalizações e rítmos digitais que encontram em “An Answer”, o momento pop mais superlativo.
Aguardo para breve uma passagem do colectivo aqui pelo Porto para analisar a adaptação e a proposta visual “live” de "AM/FM". Apesar de considerar a independência e tenacidade as maiores e mais perigososas virtudes da banda de Alcobaça, sobretudo tendo em conta o desgaste de energia nas digressões pelos EUA e Espanha, os The Gift continuam a ser um dos mais interessantes exemplos do como o sucesso se contrói não nos concursos de televisão, mais com talento, sangue, suor e muito trabalho. Quando passou pelo Hard Club tive a oportunidade de conversar com Sónia Tavares e de comprovar como o colectivo, então a caminho de Austin, Texas, se encontrava exausto, mas sempre disposto a ir mais longe, a desbravar caminho. "Temos de acreditar em nós", dizia-me então a vocalista. No entanto, sinto que também é necessário ao projecto encontrar algumas bolsas de ar, pois a exaustão também pode ser fatal. Esse, na minha opinião, é um dos grande desafios e problemas de uma banda que necessita urgentemente de equilibrar a ambição com o "self control" e aprender a delegar alguma da responsabilidade do um destino criativo e experiêncial a terceiros competentes e capazes de conduzirem o colectivo a outros portos.

12 comments:

sara said...

Olá.
Encontrei por um acaso o teu blog, e prendeu-me a dissertação sobre o mais recente trabalho dos The Gift, uma das bandas portuguesas que mais admiro.
Para mim este Am-Fm, ainda que não seja o que mais me fala ao coração, é uma perola, e o mais transparente trabalho deles.
Tal como tu, espero que eles o saibam gerir bem.
Já tiveste oportunidade de apreciar o espectáculo ao vivo?

Anastácio Neto said...

Já várias vezes, a mais importante no Rivoli, apresentação integral do trabalho duplo. Tive oportunidade de comentar esse concerto. Faltam metais e alguns equilíbrio vocal à Sónia. Depois assisiti a outros concertos mais "best of". Perdem ao vivo o que ganham em disco: produção cuidade e equilíbrio difícil entre a electrónica e a densidade orgânica das vocalizações. No entanto, uma das melhores bandas "made in Portugal".

Roberto Iza Valdes said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Roberto Iza Valdes said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Anonymous said...

Last month I made $12,124 with Google Adsense...Click
here for free on how you can do the same!

musica para escuchar y bajar said...

Hola Anastácio Neto, conocido que estoy practicando surf para
la información más última sobre descargar música y que
descubrí su gran sitio. Aunque el this post no era lo
que buscaba él enarboló exactamente ciertamente mi
interés. Ahora veo porqué encontré su página cuando
buscaba la información relacionada descargar música y soy
feliz que encontré su blog del vino aunque esto no es
un fósforo perfecto. El gran poste, gracias por haber
leído.

descargar música said...

Hey allí el Anastácio Neto, CONOCIDO buscaba una experiencia
educativa del blog en bajar musica y encontré su
blog-sitio. el The Gift: AM/FM no es exactamente para lo que
buscaba pero consiguió mi e interés. Ahora sé porqué
encontré su blog-sitio excelente cuando buscaba la
información relacionada bajar musica y estoy alegre yo
lo hice aunque su no un hallazgo exacto. Gran poste
informativo, gracias por la experiencia leída y
educativa.

descargar música said...

Anastácio Neto, buscaba hoy una experiencia agradable del
blog en musica de rbd y encontré su Web site. el The Gift: AM/FM
no era exactamente lo que buscaba pero consiguió mi
atención e interés. Veo porqué llegué en su Web site
excelente cuando buscaba para la información
relacionada musica de rbd y estoy alegre yo aunque su no
un exacto cupe. Muchas gracias!

rs6471 said...

I don't want to achieve immortality through my work. I want to achieve it through not dying.
Woody Allen-4-Poster.Com,

Antonio Hicks said...

Friendship... is not something you learn in school. But if you haven't learned the meaning of friendship, you really haven't learned anything.
Muhammad Ali- Payday Loans

Roberto Iza Valdes said...
This comment has been removed by a blog administrator.
Roberto Iza Valdes said...
This comment has been removed by a blog administrator.